Diário de Viagem – Golden Gate Bridge – San Francisco\ CA

por Aline Resende

Na última matéria do diário de viagem da Califórnia eu contei para vocês sobre nossa ida de ferry à Sausalito. Como eu disse no post sobre o passeio, nós optamos por voltar de táxi à San Francisco e descemos no Crissy Field Park para assistir ao pôr do sol com vista para a Golden Gate Bridge.

Um pouco de história 

“O Estreito de Golden Gate é uma garganta em uma cadeia de montanhas que foi cortada por um antigo rio que passava pelo que era, até 10.000 anos atrás, um vale seco. Isso foi quando o nível do mar era 100 metros mais baixo do que hoje. O derretimento do gelo causado pelo fim da última Era Glacial elevou o nível do mar e as águas do oceano voltaram lentamente para a garganta do rio, formando a Baía de São Francisco” Via Goldengate.org

DSC_4192-Editar-Editar-Editar

“No início do século XX, a cidade de São Francisco passou por um período de ascensão econômica e imediatamente surgiu a necessidade de conectá-la com as regiões vizinhas a fim de desenvolver a economia nas cidades ao redor da Baía de São Francisco. A ideia de uma ponte cruzando o Golden Gate surgiu pela primeira vez num artigo do jornalista em 1916. A ideia representava um grande desafio, já que o Golden Gate era conhecido pelos fortes ventos e correnteza e naquela época tal estrutura era considerada impossível de se construir.” A ponte começou a ser construída em Janeiro de 1933 com projeto de Joseph Strauss e foi concluída em 1937.” (Via wikipedia)

“Quando perguntaram ao engenheiro chefe Joseph Strauss quanto tempo duraria a Ponte Golden Gate, ele respondeu: “Para sempre”. A ponte foi projetada para ser forte e durável, mas fazer dela um monumento duradouro exige manutenção e melhoramentos constantes.”  (Via Goldengate.org)

Hoje a Golden Gate é o principal cartão postal da cidade de San Francisco e é uma das Sete maravilhas do Mundo Moderno:

Golden gate

No Crissy Field Park e a vista para a Golden Gate Bridge

 

Pôr do sol golden gate

 

Crissy Field Park

 

golden gate20160414_181554_HDR (1)

San Francisco costuma ventar muito e é um vento MUITO frio. Por isso, mesmo que o dia esteja aberto e com temperatura alta, esteja com agasalho na mochila, principalmente na região da Golden Gate.  No mais, aconselho aos visitantes a fazer como a gente e curtir o pôr do sol no Crissy Field Park com vista para a Golden Gote Bridge. Vale  muito a pena atravessá-la também de carro ou de bicicleta.  Anota essas dicas e divirta-se!

Fotos: Aline Resende

Diário de viagem – San Francisco – O Ferry Building Market Place

por Aline Resende

 

DSC_4094 c animação

Eu e papai fomos ao Ferry Building Market sem grandes expectativas. Pegamos um táxi do nosso hotel e descemos em frente ao mercado, que fica no Embarcadero, na Market Street.  Ao entrar, nos deparamos com uma surpresa super agradável, o mercado é MUITO lindo e repleto de lojas e restaurantes excelentes.

Um pouco de história

“Situado na região de Embarcadero, o Mercado ocupa uma construção histórica de aço e concreto, marcada por arcos e encimada por uma torre que se inspira na da Catedral de Sevilha, na Espanha – e pode ser vista desde a baía, logo em frente. O prédio foi inaugurado em 1898, para receber as quase 50 mil pessoas que chegavam à cidade de balsa, principal meio de acesso antes da conclusão das pontes Golden Gate e Bay Bridge. A construção cairia em decadência a partir dos anos 1950, com a expansão do transporte rodoviário. Só depois de sobreviver ao seu segundo terremoto, em 1989, voltaria aos planos da cidade. No fim dos anos 1990, órgãos públicos e empresas investiram US$ 100 milhões para restaurar e reconfigurar o Ferry Building, que hoje abriga a estação da balsa, modernos escritórios e, ao longo da Nave principal, com lindos pisos de mosaico, o Mercado.” Via Revista Four Season 

Ferry Building

A estrutura interna linda do mercado

ferry building

A fachada

Peixarias, docerias, padarias, casas de vinhos, hortifruti e vários restaurantes charmosos e de excelente qualidade – tudo em meio a uma construção clássica e linda, e vista para o porto. E, para acrescentar ainda mais perfeição a essa combinação – os ingredientes dos produtos são frescos e orgânicos, produzidos com requintes artesanais por uma das maiores horticulturas do país.

DSC_4143

DSC_4142

DSC_4140

DSC_4138

DSC_4137

DSC_4124

DSC_4145-2

DSC_4102

DSC_4141

DSC_4136-Editar

DSC_4130

 

Caso esteja planejando um passeio na linda San Francisco, não deixe de colocar o Ferry Building Market no seu roteiro, eu garanto que é um programa imperdível e delicioso.

Até a próxima,

ferryIMG-20160414-WA0019-Editar

 

Fotos: Aline Resende

Diário de viagem – Califórnia – O roteiro incrível de San Francisco

por Aline Resende

Eu e papai passamos dois em San Francisco – fomos numa quinta de manhã e ficamos até o final da tarde de sexta quando rumamos para NY.

Nesses dois dias conseguimos ver MUITA coisa. Passeamos demais e foi sensacional. Meu pai ficou responsável pelo roteiro e vou repassá-los para vocês:

Dia 01

Depois de deixar as malas no Hotel (ficamos hospedados no Grant Hotel, é um hotel bem simples mas bem localizado) pegamos um táxi e fomos até a Lombard Street – descemos e depois subimos a Lombard Street – a pé para ir passeando e curtindo o visual – pegamos um bondinho até o Hotel porque precisávamos colocar as malas no quarto e de lá, de táxi, fomos até o Ferry Building Market.

lombard street

Uma das casas da Lombard Street

No Ferry Building almoçamos numa peixaria (San Francisco Fish Company)  na qual eu comi um ótimo prato de sushi e papai comeu um borrito de camarão com uma taça de vinho. Passeamos bastante lá (lugar incrível) comi um macarron de vanila numa doceria linda e bem parisiense de sobremesa e decidimos pegar um ferry para Sausalito porque estava fazendo um dia lindo, céu limpo e azul.

Descemos em Sausalito que é uma cidadezinha portuária muito charmosa, caminhamos, tiramos fotos e curtimos o início do entardecer na orla. Voltamos de táxi para San Francisco, passando pela Golden Gate e descemos no Crissy Field onde pudemos ver o pôr do sol com vista para  Golden Gate. De lá, seguimos a pé até a região dos Piers. Esse passeio foi incrível, andamos bastante, mas foi lindo demais. Vimos o sol ir embora e a noite chegar ao longo do caminho.

DSC_4192-

Na região dos Piers, jantamos uma sopa no pão que estava deliciosa.É uma espécia de padaria\restaurante chamado Boudin Sourdough. De lá, pegamos um táxi e fomos para Union Square onde o papai tomou um vinho e, já bem exaustos, fomos para o hotel dormir. A Union Square fica bem perto do hotel, dava para ir a pé.

sopa no pão

A deliciosa english soup

Dia 02 

Tomamos um bom café da manhã no hotel e pegamos um ônibus para o Golden Gate Park. Lá, alugamos uma bike por 2 horas e pedalamos pela orla.  Em seguida, pegamos um ônibus e fomos para as Painted Ladies, um lugar lindo não só pelas famosas casinhas vitorianas coloridas, como pelo visual. Novamente, o dia estava lindo, céu azul sem nuvens no céu.

Painted Ladies

Painted Ladies

Saímos da rua das Painted Ladies  e seguimos a pé pela Hayes St onde almoçamos num restaurante ótimo – o Stacks – eu comi um sanduíche com avocado e papai um omelete, ambos estavam muito bons. Em seguida, seguimos na Hayes St até o Civic Center que é o centro cívico de San Francisco repleto de prédios e construções com design artístico lindo. Por fim, encerramos nossa caminhada e rumamos para o hotel para pegar as malas e ir ao aeroporto voar para NY.

E esse foi nosso roteiro incrível em San Fran!

Obs: San Francisco venta muito e o vento é bem frio, esteja sempre com agasalhos em mãos ou na bolsa.

Ferry

Ferry Builden

 Vou fazer matérias sobre os principais lugares do Roteiro com fotos e detalhes, ok?

Fotos: Aline Resede

Diário de viagem – Califórnia – Carmel e Pebble Beach

por Aline Resende

No mesmo dia em que visitamos a região do Big Sur, fomos também em Carmel e Pebble Beach.

Meu irmão que mora em San Jose, Califórnia, pegou o carro e foi seguindo a estrada com a gente. Falei sobre o restaurante que visitamos e sobre o Big Sur nessa matéria:

http://casadereliquias.com.br/sem-categoria/diario-de-viagem-california-nepenthe-restaurant-big-sur/

Aconselho muito alugar um carro e percorrer a Highway 1 se você for visitar a Califórnia. Depois de ver o Big Sur no Mc way Falls, nos passamos em Carmel que é uma cidade linda na costa, impossível não se apaixonar pela delicadeza das casinhas, restaurantes e a vista incrível da praia:

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

 

 

alice no país das maravilhas

 

carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

Carmel

 

carmel

 

Doces Carmel

Depois de passear em Carmel e tomar um chocolate quente, nós seguimos de carro para a Pebble Beach (17 Mile Drive), e como estava no final da tarde, pegamos o incrível pôr do sol. A região possui mansões lindas, áreas verdes e praia que fica especialmente bonita nesse horário:

Pebble Beach

 

Pebble Beach

 

Pebble Beach

 

Pebble Beach

 

Pebble Beach

 

Pebble Beach

Fotos: Aline Resende

Caso você vá visitar essa região da Califórnia e quiser seguir esse roteiro, saia depois do café da manhã, pegue o carro e a highway 1, vá até o Big Sur e pare para almoçar em um dos restaurantes da região (indiquei dois nas matérias), siga até a MC Way Falls para ver a vista mais linda do Big Sur, siga até Carmel e passeie na cidade (de preferência tome um chocolate quente ou coma os doces de lá), siga até a Pebble Beach e lá termine o dia assistindo o entardecer.

Para ver a outra matéria que fiz sobre Carmel, clique aqui:

http://casadereliquias.com.br/viagens/diario-de-viagem-california-carmel-by-the-sea/

Enjoy the ride!

As melhores fantasias do carnaval de rua de BH 2016

por Aline Resende

Queria fazer uma matéria contando em detalhes o quão legal foi o carnaval de rua de BH deste ano, mas, por motivos de TRABALHO estou sem tempo para montar a matéria da forma que eu queria. Vocês sabem como eu gosto de caprichar nos detalhes e fotos dos posts, né?

Maaas, não posso deixar de mostrar aqui o capricho das fantasias da galera belô, gente que orgulho!! Foi MUITO lindo!!! Os belo horizontinos deram um show na produção carnavalesca, olha só:

carna-02-10-23-57-54

A fotógrafa Leca Novo de Coelho de Alice no País das Maravilhas ph: Barbara Dutra

carna6-02-11-00-05-32

A Designer e Jornalista Mayra Decicino de vasinho de flores

carna016-02-10-23-56-54

A jornalista e fotógrafa Lívia Rios com o tema azul e rosa exotérico do bloco Pena de Pavão de Krishna

carna016-02-10-23-57-01

A fotógrafa Barbara Dutra de mulher maravilha para o Bloco Então Brilha

carna2016-02-10-23-57-06

Bela Ribas de unicórnio para o Então Brilha Ph: Leca novo

carna2016-02-10-23-57-27

Barbara Dutra again, dessa vez, de sereia para o bloco Batiza ph: Leca Novo

carnat_2016-02-10-23-58-02

Mais um clique lindo da Leca Novo de uma foliã para o Pena de Pavão

 

As minhas invenções carnavalescas:

carna16-02-10-23-56-25

Bailarina para o Bloco Transa

carna016-02-10-23-56-49

Com as cores e tema do Pena de Pavão de Krishna

carna2016-02-10-23-56-12

Com as cores e uniforme do bloco Juventude Bronzeada

 

Cliques do carnaval

Registros que fiz dos foliões na concentração do Bloco Pena de Pavão:

carna20160211_003055

carna_20160211_003211

carna60207_081948

Obs: Não levei minha câmera para fazer os registros esse ano, portanto, tive que usar a câmera do celular mesmo : /

 

Cliques do fotógrafo Carlos Hauck

carna2016-02-11-00-04-36

Bloco Filhos do Tcha Tcha

carna16-02-11-00-04-45

Bloco Tico Tico

carna016-02-11-00-04-51

Bloco Praia da Estação

carna016-02-11-00-04-29

Bloco do Manjericão

Lindos registros dos fotógrafo Carlos Hauck, né??

Destaques do carnaval de BH neste ano de 2016 – a alegria contagiante dos foliões, o capricho nas fantasias, o ânimo de acordar cedo para ir nos blocos que começaram as 8 da manhã, os chup chups hiper gelados que misturaram bebidas e frutas, o teor de engajamento e protesto dos bloquinhos  e a ruas invadidas por cores e música. Well done!!