Modernos Eternos 2017

por Aline Resende

DSC_0045

A Modernos Eternos desembarcou em BH em sua segunda edição e deixou todo mundo de boca aberta. Digo isso em meu nome e em nome de todas as pessoas com as quais eu conversei e que visitaram a mostra.

Neste ano, o local escolhido foi a incrível construção localizada na Rua Sebastião Dayrell de Lima, Número 80, no Mangabeiras – o antigo Clube dos Caçadores.

A Casa por si só já é um espetáculo da arquitetura, tanto por dentro, quanto por fora. Os ambientes desenvolvidos pelos profissionais para compor o espaço seguiram de forma honrosa o conceito da Modernos Eternos que é o mix&match do vintage com o contemporâneo. Some-se a isso a vista privilegiada e lindissima do alto da construção e dá para entender o porquê de todo meu entusiasmo.

Para ilustrar um pouco de tudo isso, deixo aqui algumas das fotos que fiz do dia em que fiz a visita:

DSC_0014-

Projeto Eduardo Correa Arquitetura

 

DSC_0021

Projeto Fernando Hermanny e Germana Giannetti

DSC_0024

DSC_0026

DSC_0029-

Beatriz Siqueira Arquitetura

DSC_0030

DSC_0032

Estela Netto Arquitetura

DSC_0039

DSC_0043

DSC_0046

Eduardo Correa Arquitetura

DSC_0047

DSC_0049

Eduardo Correa Arquitetura

DSC_0054

Eduardo Correa Arquitetura

DSC_0055-f

Eduardo Correa Arquitetura

DSC_0057

Eduardo Correa Arquitetura

DSC_0060

Eduardo Correa Arquitetura

DSC_0065

DSC_0071

Ambiente Melina Mundim

DSC_0075

DSC_0081

Beatriz Siqueira Arquitetura

DSC_0089

DSC_0100

 Já  estamos aguardando ansiosamente pela próxima edição!